A quem interessa a guerra?

22 ago

Joyeux NoelPra mim, em uma guerra não há mocinhos nem bandidos, todos são perdedores. E é difícil você ver isso no mundo da ficção. Mas Feliz Natal, um dos filmes de guerra mais emocionantes que já vi, mostra como um conflito entre nações muitas vezes é alheio à vida dos indivíduos envolvidos.

O filme, de 2005, se baseia em história real. Em dezembro de 1914, no início da Primeira Guerra Mundial, franceses, escoceses e alemães se enfrentam no front do norte da França. Na véspera do Natal, acontece o impensável: os “inimigos” negociam um cessar-fogo e logo o momento vira confraternização – os soldados adversários se apresentam, trocam garrafas, mostram fotos das suas famílias, jogam futebol e descobrem afinidades. Entre eles, um oficial alemão marca de se encontrar com um oficial francês em Paris, quando a guerra acabar, sintetizando o espírito do filme.

Abaixo, o trailer do filme Feliz Natal:

Uma resposta to “A quem interessa a guerra?”

Trackbacks/Pingbacks

  1. Filmes de Guerra, sem mocinhos nem bandidos « Rock, Livros e Pipoca! - 24/08/2010

    […] meus favoritos do gênero estão A Conquista da Honra, Cartas de Iwo Jima, A Lista de Schindler, Feliz Natal, A Queda e Filhos da Guerra. Todos estes vão além da guerra. Não vou falar aqui especificamente […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: